Com LPM aprovada, venda do KC390 a Portugal parece ser certa

17-05-2019

Lei de Programação Militar, aprovada a 3 de Maio, reserva 872 milhões para a substituição de envelhecidos C130. FlightGlobal diz ser certo a venda de 5 novos Embraer KC-390 a Portugal.

Foi já no passado dia 3 de Maio que a nova LPM (Leio de Programação Militar) foi aprovada na Assembleia da República, definindo assim os próximos 12 anos de estratégia, investimento e aquisições nas Forças Armadas Portuguesas.

A Lei de Programação Militar (LPM) é o principal instrumento financeiro plurianual para o investimento público na Defesa e nas Forças Armadas. Trata-se da fonte primordial de equipamento, de desenvolvimento da Base Tecnológica e Industrial de Defesa Nacional, e de apoio para a Investigação e Desenvolvimento, com impacto directo nas capacidades militares necessárias para a prossecução das múltiplas missões das Forças Armadas.

Dos mais de 4740 mil milhões de euros desta LPM, 827 milhões estão reservados para a substituição completa da envelhecida frota de C-130 da FAP, por 5 novos aviões de transporte aéreo e táctico.

Das opções no mercado, a mais certa seria a compra do mais novo avião militar da indústria brasileira, o KC-390, aeronave na qual Portugal tem notável participação tecnológica e industrial.

Segundo o "FlightGlobal", o acordo poderia mesmo ser assinado antes da presença do KC390 no evento de aviação "Paris Air Show", a realizar durante o próximo mês de Junho em França.

Será também após esse evento que a Força Aérea Brasileira (FAB) deverá receber o seu primeiro avião do tipo, de um total de 28 encomendados.

Portugal Defense News ...and global

Fontes: FlightGlobal/Pássaro de Ferro/ Internet

Mais Recente 

"Operação Primavera de Paz", também denominada "Fonte de Paz", é mais um capítulo na guerra da Síria que assola o país desde 2011. A invasão turca tem o potencial de alterar, mais uma vez, o mapa político e étnico na região.