Vídeo: ONU destaca o trabalho da QRF portuguesa

19-10-2019

Vídeo da ONU destaca ação da Força de Reação Imediata Portuguesa na República Centro-Africana

A Organização das Nações Unidas (ONU) partilhou esta semana, na sua página do Youtube dedicada à Missão na República Centro-Africana, um vídeo que retrata a ação dos militares portugueses em missão de paz naquele país.

Neste vídeo é reconhecido o elevado profissionalismo da força portuguesa, sedimentado na realização de treinos diários, que permitem aos militares lusos estarem sempre preparados, psicológica e fisicamente, para qualquer empenhamento.

Na vertente pessoal dos militares, é destacado o orgulho que sentem em ajudar a população, muito pelo sentimento de agradecimento e alegria demonstrados através das reações dos centroafricanos, no fim de cada operação.

Ainda em destaque neste vídeo, no âmbito da importância que as Nações Unidas estão a dar às novas gerações, como medida preventiva para evitar que os jovens sejam futuramente recrutados por Grupos Armados, o trabalho que a força portuguesa tem desenvolvido através da realização de ações de carácter social, onde promove o contacto direto com as crianças e jovens e entrega material diverso, recolhido em Portugal em antecipação à projeção.

A 6ª Força Nacional Destacada neste teatro de operações é composta por 180 militares, maioritariamente tropas especiais Paraquedistas do Exército Português, integrando ainda militares de outras unidades do Exército e Controladores Aéreos Avançados da Força Aérea.

Texto: Exército Português (facebook)

Vídeo: UN Mission in the Central African Republic - MINUSCA 

Militares Portugueses envolvidos em mais confrontos com grupos armados na República Centro Africana. Trata-se da 6ª Força Nacional Destacada para aquele teatro e, tal como as anteriores, não escapa aos combates.

A 6ª Força Nacional Destacada na República Centro Africana (RCA), actualmente constituída na sua maioria por para-quedistas, foi projectada, no período de 23 a 30 de Setembro, para proteger a população da povoação de Bocaranga, noroeste da RCA.

Portugal, desde 2017, constitui a "Força de Reacção Imediata (Quick Reaction Force - 

Últimos artigos  

O MPAP pode ser facilmente aerotransportado e lançado sobre a área de operações e, por ser de reduzida envergadura, torna-se ideal para a unidade a que se designa, podendo ser facilmente ocultado e representando por isso uma mais valia para uma missão que se possa querer discreta.

Saiba quais as missões e onde estão e estarão projectados os militares portugueses dos três ramos das Forças Armadas no ano de 2020.